Vereador Honorato critica reformas do Governo Federal, proposta orçamentária para 2018 e ressalta importância da Feira do Livro de São Luís

Na manhã de hoje (22), durante pronunciamento realizado no plenário da Câmara Municipal de São Luís, o vereador Honorato Fernandes (PT) alertou para o caráter enganoso das peças publicitárias do Governo Federal sobre a reforma da previdência e para a necessidade de debater com a sociedade a reforma política. Destacou ainda o posicionamento da Câmara Municipal, ao devolver o projeto de orçamento previsto para o ano de 2018 encaminhado pela Prefeitura e ressaltou a importância da Feira do Livro para o calendário cultural de São Luís.

Reformas
O parlamentar iniciou a fala fazendo o alerta com relação às peças publicitárias do governo federal sobre a reforma da previdência, destacando o teor enganoso das mesmas, uma vez que a proposta ignora descompassos regionais e sociais e também a informalidade no mercado, profundando assim a desigualdade.
“O anúncio de TV feito pelo Governo Federal sobre a reforma da previdência é uma propaganda enganosa, pois dá a entender que a reforma vai equilibrar e acabar com privilégios, quando na verdade a reforma não passa de uma proposta de aprofundamento da desigualdade”, destacou Honorato, estendendo a crítica à outra reforma proposta pelo governo federal, a reforma política, que, segundo ele, precisava ser discutida com a sociedade.
“Outra proposta perversa é esta falsa reforma política, anunciada sem antes ter sido debatida com a sociedade, para que se saiba efetivamente do seu conteúdo”, destacou.
A justificativa do Governo Federal para a reforma política é que a proposta deve melhorar o enfrentamento da corrupção no sistema político brasileiro. No entanto, temas polêmicos, como a instituição do fundo público de financiamento de campanha no valor de R$ 3,6 bilhões têm recebido críticas severas por parte de especialistas e da sociedade. Aprovada em outubro, alguns pontos da reforma, como o Fundo Especial de Financiamento de Campanha já possam valer nas eleições do próximo ano.

Orçamento do Município para 2018.
Dando continuidade à fala, Honorato destacou ainda o posicionamento da Câmara Municipal ao devolver o projeto de orçamento previsto para o ano de 2018 encaminhado pela Prefeitura, pois, segundo interpretação do parlamento, as peças orçamentárias apresentavam algumas falhas.
“Gostaria de registrar a medida acertada por parte desta Casa e também do Executivo, por aceitar a nossa sugestão de reavaliação da proposta orçamentária encaminhada, uma vez que a mesma promovia uma retirada significativa de recursos da administração municipal, comprometendo assim as condições de funcionamento da máquina pública”, afirmou o vereador.

Feira do Livro
No pronunciamento, Honorato ressaltou ainda a importância da Feira do Livro para o calendário cultural de São Luís e do Estado, destacando a parceria com o Governo do Estado e da iniciativa privada.
“Quero fazer aqui um destaque à Feira do Livro, evento realizado pela Secretaria Municipal de Cultura, em parceria com o Governo do Estado e a iniciativa privada, que já é tradição no calendário cultural da nossa cidade”, destacou o vereador.
Considerado o maior evento literário do Estado do Maranhão, a Feira do Livro tem como objetivo fomentar a tradição literária e cultural da capital maranhense, propiciar o maior acesso ao livro, estimular a formação de novos leitores e incentivar as cadeias produtivas em torno do livro e da mediação da leitura.