rotaDurante o evento, realizado na terça-feira (26), que marcou o retorno de ações de desenvolvimento da Rota das Emoções – que integra municípios do Maranhão, Piauí e Ceará –, a secretária de Turismo do Maranhão, Delma Andrade, destacou as iniciativas do Governo do Maranhão para fortalecer os municípios que integram o roteiro. “Das 14 cidades da Rota, oito estão em território maranhense e já estão recebendo investimentos em diversas áreas. Queremos garantir qualidade de vida para os moradores locais e para os turistas”, destacou Delma.

De acordo com a secretária, o Programa de Desenvolvimento Integrado do Polo Lençóis Maranhenses recebe investimentos por meio do Mais Asfalto, Mais Saneamento, Mais Artesanato e Mais Turismo, todos do Governo do Maranhão. “Todos os programas trabalham com três pontos primordiais para o desenvolvimento turístico: infraestrutura, capacitação da mão de obra e a divulgação dos atrativos”, detalhou.

Para a região dos Lençóis Maranhenses, o programa Mais Asfalto garante a construção, a melhoria e pavimentação de Rodovias Estaduais. Em um total de 187 km, o investimento será de R$ 117 milhões. Entre as obras estão a construção da MA 320, de 47 km de extensão, ligando o povoado de Sangue ao município de Santo Amaro. O Governo do Maranhão já iniciou a complementação de 30 km da rodovia de Paulino Neves e Barreirinhas, ligando efetivamente o Maranhão à Rota as Emoções.

Mais Saneamento

Por meio da Caema, o Governo do Maranhão está realizando a implantação do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) em três municípios da região dos Lençóis Maranhenses: Araioses, Humberto de Campos e Santo Amaro. Também faz parte da lista de intervenções a recuperação da barragem do riacho Riachão, em Axixá; dois novos poços artesianos e construção de rede de água em Barreirinhas. O investimento total será de R$ 19,2 milhões.

Mais Turismo

Para promover os destinos maranhenses, a Secretaria de Turismo do Estado tem planejado para 2016, a participação em importantes eventos como as feiras WTM LatinAmerica, BNTM, Jogos Olímpicos Rio 2016, Agrobalsas, Fecoimp e Expo ABAV. Também está prevista a realização de eventos culturais (Mais Cultura e Turismo), a passagem da Tocha Olímpica pelo Maranhão, ações constantes com a mídia, além da capacitação de agentes de viagens e operadores de turismo do Brasil e do exterior.

Artesãs da Associação Mulheres de Fibra apresentam seus trabalhos. Foto: Divulgação

Artesãs da Associação Mulheres de Fibra apresentam seus trabalhos. Foto: Divulgação

Com foco na qualificação profissional, o Governo do Maranhão, em parceria com o Ministério do Turismo, dispõe de cursos do Pronatec. Já a Secretaria de Ciência e Tecnologia, oferece aos profissionais da área a oportunidade de participarem dos Cursos de Formação Inicial Continuada (FIC). As capacitações abrangem as áreas de qualificação no atendimento, gestão turística e alimentos e bebidas e idiomas. Ao todo são mais de 1.500 vagas para os municípios de Barreirinhas, Santo Amaro, Tutóia, Paulino Neves, Araioses e São Luís.

Em 2016 também será implantado o Observatório de Turismo do Maranhão, em parceria com Universidades, entidades representativas e Ministério do Turismo.

Mais Artesanato

Por meio da Secretaria de Turismo, o programa “Mais Artesanato” está garantindo o mapeamento e cadastro dos artesãos no Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (Sicab), a garantia de ações de promoção, por meio da participação em quatro feiras de comercialização. Além disso, o Governo do Maranhão está promovendo a capacitação de 150 profissionais. O investimento inicial é de R$ 200 mil.

Fonte: secom/MA